As 10 linguagens de programação mais utilizadas no mercado

Muitas pessoas tem me perguntado nos últimos dias:

  • QUAL A LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO EU DEVO ESTUDAR?
  • QUAL A MELHOR LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO?

Bem, isso é algo que a própria pessoa deve decidir. Afinal de contas não existe a MELHOR LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO. Existe sim a linguagem ideal para o projeto que está sendo idealizado.

Muitas pessoas tem aprendido linguagens de programação para entrar no mercado de trabalho e conseguir um emprego. De acordo com o escritório de Estatísticas de Trabalho dos Estados Unidos, empregos para programador devem crescer a uma média de 8% pelos próximos sete anos.

Para te ajudar a escolher melhor uma linguagem de programação para estudar, fiz uma lista com as 10 linguagens mais utilizadas no mercado. Conheça agora um pouco sobre cada uma delas.

    1. JAVA – Java é uma das linguagens de programação mais usadas no mundo. A primeira versão da linguagem foi lançada pela Sun Microsystems em 1995 e atualmente pertence à Oracle. É uma linguagem Orientada a Objetos e a principal linguagem de programação utilizada para desenvolver aplicativos para tablets e smartphones da plataforma Android. Também muito utilizada para desenvolvimento Web.
    2. C – Muito rápido e poderoso, o C é utilizado para criar softwares para sistemas embarcados. Criada em 1972, muitos sistemas operacionais foram desenvolvidos em C e até os dias de hoje a linguagem continua sendo muito usada para desenvolvimento de sistemas operacionais, aplicativos, games e integração com o hardware. Empresas aeroespaciais e de telecomunicações utilizam muito o C. Aliás, um dos ramos que mais tem crescido em oferta de emprego para programadores é a telecomunicações. Vale a pena aprender!
    3. C++ – O C++ é considerado por muitos como a melhor linguagem para desenvolvimento de softwares para desktop e jogos que exigem bastante hardware. É o aprimoramento da linguagem C com elementos da orientação a objetos.
    4. PYTHON – O Python é excelente para quem está começando. É uma linguagem que serve pra quase tudo e nos permite trabalhar mais rápido e integrar sistemas de forma eficaz. Python é livre e de código aberto, multiplataforma, orientada a objetos e de alto nível. Grandes empresas utilizam Python para tarefas críticas, tais como Google, Youtube e Netflix.
    5. C# – O C# é a linguagem principal quando se fala de Microsoft. Desde serviços e plataformas web a dispositivos móveis que utilizam Windows Phone. Também é uma das linguagens usadas do motor gráfico de desenvolvimento de jogos Unity é o C#. Se você quer programar para Windows 7, 8, 10, etc. aprenda C#.

  1. VISUAL BASIC – O bom e velho VB ainda é muito utilizado para desenvolvimento desktop. Já vi muito software escrito em VB e embora muita gente acha que vem perdendo mercado, para o C# por exemplo, ainda tem muito sistema em VB que precisa de manutenção.
  2. JAVASCRIPT – Quase todas as páginas da internet tem um código em javascript. Costumo dizer que enquanto o HTML é a linguagem que estrutura uma página e o CSS a deixa bonita, o javascript faz a página funcionar. Todo programador web deve aprender javascript independente da linguagem utilizada no “backend”. Essa linguagem é responsável por executar scripts do lado do cliente, sem a necessidade de passar pela interpretação do servidor.
  3. PHP – O PHP é a linguagem de programação mais usada no backend de sites. Tem gente que ama e tem gente que odeia, mas a verdade é que a maioria dos sites da internet são feitos com PHP. Isso se deve, em grande parte, aos gerenciadores de conteúdo (CMS) mais usados no mundo, tais como WordPress, Drupal, Joomla. A maioria dos blogs que você encontra na internet usa um desses gerenciadores de conteúdo. O próprio TudoInfoRJ utiliza o PHP.
  4. PERL – Perl é uma linguagem código aberto e gratuita. Ao utilizar uma linguagem de código aberto as empresas ganham com custo. É uma linguagem simples de se aprender e com apenas um pouco de conhecimento é possível se criar programas realmente úteis e práticos. Programas em Perl podem ser executados em Linux, Windows, Mac e algumas versões de celulares que hoje tem suporte ao Perl. Como linguagem de alto-nível, já madura e recebendo ao longo dos anos contribuições de diversos desenvolvedores ao redor do globo, o Perl desenvolveu uma incrível versatilidade. Hoje sites são escritos, quase que inteiramente com Perl/CGI, aplicativos para administradores de sistemas contam com as capacidades do Perl para manusear os arquivos de configuração do Linux e o Registro do Windows.
  5. RUBY – O Ruby é uma linguagem simples de aprender, elegante, focada na produtividade, incrivelmente poderosa e totalmente livre. Ficou mais famoso pelo seu uso na internet através do framework Ruby on Rails, mas o Ruby pode ser usado para muitas outras coisas e a demanda por programadores de Ruby vem crescendo bastante nos últimos anos.

Conclusão

No momento de escolher qual linguagem você irá estudar, sempre bate aquela dúvida. Espero que com esse artigo facilite na hora de escolher a linguagem. Todos esses dados foram tirados do site TIOBE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: